segunda-feira, agosto 22, 2005

Ai, o mar...

Não há nada melhor do que nadar! Nadar no mar, claro, e não numa banheira gigante cheia de químicos, onde esbracejamos de touca, qual lagostas no tanque da marisqueira. No mar é que é! Temos a sensação de não ter limites, de estar suspensos no ar. O espaço onde nos movimentamos está vivo, obedecemos à sua dinâmica. Conseguir aproveitar correntes e ondas é tão ou mais importante do que saber nadar. Ali, nós não mandamos, não controlamos nada. Fazemos parte de um todo. Somos um pontinho microscópico à tona de uma imensidão. É preciso ter respeitinho... Armados em carapaus de corrida ainda somos engolidos e cuspidos em Marrocos. Ai, o mar... Na próxima vida, quero ser alforreca!

8 comentários:

Junta-te ao clube disse...

Pois diz que é assim mesmo. Mas a alforreca não é algo parva?

ass: Gattaca

Oumun disse...

alforreca ou alfarreca ehehehehehehe

bjocas ;)

Mipo disse...

Alforreca com "o" (acabadinho de verificar!)! E é parva, é... mete-te com uma delas e vais ver! :-P

ISA disse...

mas n é um bocado viscosa? Eu preferia ser umGolfinho que ao menos estão sempre a rir-se e tb vivem no mar. Beijos

Mipo disse...

riem-se, riem-se e acabam nas redes do atum!

cinderela disse...

O atuuuum! Eu que ando na faina há....30 anos!..

Mipo disse...

e o bacalhau é maior e relincha!

Oumun disse...

Ai que a rapariga nao percebe nada de nada !