quinta-feira, agosto 18, 2005

Meu querido mês de Agosto

Parece que se tem de ir escrevendo umas coisas quando se cria um blog (não vá alguém visitá-lo). Não é que não goste de escrever, note-se, mas e quando falta a inspiração? Se calhar, a dificuldade mesmo é só de arranque.

O objectivo aqui não é nenhum. Desengane-se quem acha que há qualquer intenção por detrás deste blog. A ideia é experimentar. Aproveitando o paradinho mês de Agosto, decidimos (o meu yin e o meu yang) tentar. Maionese é para as viagens; afins para tudo o resto. Esperam-se momentos alegres, tristes, estranhos, zangados, espirituais, eufóricos, ilógicos, existencialistas, comoventes, eruditos, básicos e até chatos (estes últimos tentaremos evitar... 1 cada dois meses, vá lá). Essencialmente, aquilo que estiver para ser expelido na altura. Estão abertas as hostilidades.

6 comentários:

ISA disse...

Escreve muito! Escreve o que apetecer. O Graham Greene dizia que writing is a form of therapy. Eu tenho a certeza! Bem-vinda à blogosfera And I hope u stay around for a long, long time! Beijos grandes! Isabel, a outra!

Mipo disse...

O meu primeiro comment! O meu primeiro comment! *voz embargada*

Junta-te ao clube disse...

Pois seja bem-vinda a este maravilhoso universo. quanto ao que escreves só a ti te diz respeito. Nós como leitores só temos de aceitar. Temos sempre a possibilidade de deixar comentários...

Ass: Gattaca

cinderela disse...

Cá está o blogue que me faltava.
Boa Mipo!
Parabéns e bem-vinda! :-)

truska disse...

No mês de Agosto não se passa nada??? Vem a Bilbau em Agosto, rapariga!

Mipo disse...

Até ia, até ia... Mas parece-me que vou para Itália, em vez disso!