quinta-feira, outubro 13, 2005

Na sequência do último post, ou aquilo que eu nunca vou ter oportunidade de dizer a ninguém

“Ó minha grande alforreca! Não me ponhas cominhos na patanisca, que me dá uma camueca e temos aqui sururu! Um verdadeiro salsifré! Chamo os meus amigos e vai ser um regabofe! Pego na zarabatana, atiro-te gravilha à testa e dá-te uma solipanpa! Não armes reboliço!”

3 comentários:

Osga Esparramada disse...

Sim senhora!
Gostei!
Bjs da Osga

zahira disse...

e porque não dizes isso ao teu chefe???? era giro diz-la que nao era eehehehehhehehe

Mipo disse...

Naaaaa, que ele nem merece; chefes já houve, no passado remoto, que o mereceram (por alguma razão vou na 4.ª entidade empregadora...)