sexta-feira, março 17, 2006

Dúvida existencial # 21

Como é que a gente ainda funciona?

A minha contabilista deixa-me em pânico com uma má notícia sobre a segurança social (sujeita a confirmação). Uma outra contabilista, fazendo ar grave e sério, corrobora o que disse a primeira (mas é melhor confirmar). Outra contabilista ainda contradiz tudo e afirma que não é nada disso.

Como é melhor confirmar, lá vai a Mipo para a loja do cidadão, onde fica 3 (três) horas à espera da chamada da senha n.º 237. Chegado o momento, é com pesar que a notícia é, de facto, confirmada. Mipo, desanimada, resolve ainda, passado umas horas, ligar para segurança social, mesmo para ter a certeza. Qual não é o seu espanto quando, do outro lado da linha, não uma, mas duas pessoas (sim, porque é preciso confirmar!), lhe dizem que é tudo um perfeito disparate e para não se preocupar!

Confuso? Bastante. Foi um dia de ataque à paciência. Mas mais confuso ainda é tentar entender como é que esta sociedade ainda se aguenta de pé. Afinal, parece que ninguém (mesmo ninguém) percebe bem quais são as regras do jogo, que, aliás, o governo faz questão de mudar sempre que pode (são uns reinadios, a meter-se com a gente!...). Acho graça quando me dizem "mas se não tens a certeza, informa-te". ONDE, POR DEUS, COM QUEM?!?!

5 comentários:

Rui disse...

E é que é mesmo assim. Outro exemplo?
No outro dia estavam 3 advogados com o código civil à frente e cada um deles tinha uma opinião diferente sobre o que estava escrito!!

Mas repara, se não fosse assim, do que é que esta malta vivia?

Mipo disse...

que fossem para as obras! Ou trabalhar com idosos! Sei lá!... Que gente chata!

Junta-te ao clube disse...

ANARQUIA!!! ANARQUIA!!!!

Ass: Gattaca

bonifaceo disse...

E já viste? E com isso perdeste 3h do teu tempo livre por causa da incompetência.

hl disse...

Há realmente muita gente a precisar de obras :)