segunda-feira, outubro 31, 2005

Dia das Bruxas

Eu percebo que os anglo-saxões precisem de uma desculpa para se mascarar. Afinal, eles não têm relações muito próximas com o Carnaval. O que eu acho estranho é que nós precisemos de duas.

Devagarinho, devagarinho, a festa importada vai pegando. Não tenho dúvidas de que hoje, ao calcorrear esta Lisboa nocturna, eu vá encontrar alguns jovels vestidos e pintados de preto (agora que os góticos saíram de moda, há que aproveitar o 31 de Outubro). E deixem-nos pousar, que vão ver daqui a uns anos. Nas escolas, as criancinhas já começam a desenhar abóboras; já se começam a ver lojas com montras temáticas, algumas já ao lado de montras natalícias (o que não deixa de ser um efeito interessante).

Dito isto, note-se que eu, com esta provecta idade, gosto de me mascarar. É verdade. Mas não gosto de o fazer quando mo mandam. Ou seja, acho que não é o Natal que devia ser quando um homem quiser, mas sim o Carnaval. Hoje, por exemplo, apetecia-me sair à noite vestida de holandesa de socas. E ia. Se calhar até fazia um sucesso no Lux, mas ninguém iria perceber que ia mascarada e aquilo passava por um estilo. Perdia-se o significado e eu passava por desconjuntada cerebral. É uma pena...

(gostei de escrever calcorrear)

10 comentários:

ISA disse...

que bonito que é calcorrear... para o dia das bruxas, n há de facto paciêcia.

duendes e batatas disse...

Já és uma desconjuntada cerebral, não precisas de te vestires de holandesa de socas.

Mipo disse...

mas sem as socas ainda disfarço!

bonifaceo disse...

Nas escolas já se celebra o Dia das Bruxas há alguns anos. E também já há festas temáticas em discotecas e também já vejo, neste momento até oiço putos na rua a andar a bater de porta em porta. Na aldeia onde moro - Paço, das mais próximas de Aveiro - os putos têm a mania de no Domingo antes já andarem a pedir e têm uma cantilena um pouco diferente da original "doces, dinheiro ou partida"... ah?! Dinheiro, já viram? Espertalhões... (eu comecei a mandar vir da sala enquanto a minha mãe os atendia e dava uns rebuçados).

cinderela disse...

Socas não tenho, posso emprestar-te duas tulipas de madeira, vindas directamente de Amesterdão para o meu estabelecimento comercial...

Osga Esparramada disse...

Estou vendo, cara Mipinho, que já tens saudades de ir calcorreando por umas certas aulas de turismo sustentável!!!

Pois bem! Eu acho, sim senhora, que te deves mascarar de socas, de avental e de touca branca com asas laterais! Não faz mal a ninguém e diverte-te! Qual o problema, então?
E podes ir ao mesmo tempo oferecendo doces, dinheiro ou partidas... se pedirem partidas... dá-lhes com uma soca na cabeça!!!

Osga Esparramada disse...

"UUUUUUUUUUUAAAAAAAAAAAA..." - Osga vai p'ra cama!
Osga está mmmmmmmuuuuuiiiiiittttttttoooooo cansada!
Osga vai ter pesadelos com bruxas vestidas de holandesas a voarem sobre Lisboa, deixando cair as suas pesadas socas sobre a cidade e a partirem os vidros em mil bocados!!! CREDO!!! Osga não tem como pagar os vidros!!!
Boa noite pessoal!
Sogni d'oro!

Mipo disse...

Nem de propósito, fartei-me de ver bruxas e duas gatas.

Rui disse...

Calcorrear fica sempre bem (já apontei, para usar também). Nuca vi uma holandesa de socas no Lux, mas vou estar atento.

Oumun disse...

Giro giro era ver uns pézinhos de dança nessas socas eehhehehe´

Quanto ao dia das bruxas ! gosto! alías gosto de tudo o que tenha a ver com bruxas e com festas então ui ui ui

bjos