terça-feira, outubro 11, 2005

Sem café é que não!

Dei hoje comigo a rever mentalmente as várias maneiras de apresentar café (é verdade, não ando cheia de trabalho, mas, quem me conhece sabe que também sou assim quando ando, de modo que aqui estamos).

Assim, temos o simples café (caffem vulgaris), que, basicamente, consiste numa pequena chávena com o dito. Sem dúvida o mais popular de todos, é também conhecido por "bica" ou "cimbalinho". É partir deste que surgem toda uma imensidão de variações, a saber:

o café cheio (caffem plenus). Pedido por aqueles que gostam de fazer durar a sensação.

o café curto (caffem curtis), também conhecido por "italiana", já que só em Itália é que eles são todos daquele tamanhinho. Esta é a modalidade preferida dos insomníacos e noctívagos, o recurso de quem precisa mesmo de ser agarrado pelos ombros e violentamente agitado para que a cafeína entre na corrente sanguínea;

o café pingado (caffem pinguçus), para quem gosta de uma coisinha diferente, mas nem tanto. Este é conhecido em Espanha por "cortado" e em itália por "manchado", mas a ideia é toda a mesma. No norte de Portugal é chamado de "pingo directo" (não vá o senhor do café atirar o leite ao lado);

o galão (caffem gallonius), que no fundo, no fundo, é mesmo só café com leite, mas num copo. É para aqueles que embirram com chávenas;

a meia de leite (caffem medium leitosus). Mais café com leite, desta feita numa chávena. É para aqueles que embirram com copos;

o garoto (caffem infantus). Para quem gosta de café no leite quente;

o café com cheirinho (caffem odoris). Este serve aqueles para quem a cafeína não chega;

o carioca (caffem cariocus). Para os que até gostam de café, mas têm medo;

o abatanado (caffem abatanadus). Útil para quem tem mãos grandes e não consegue segurar uma chaveninha;

e, finalmente, o café americano (caffem cammonus). Essencialmente imbebível. Só para bifes e para quem não gosta mesmo de café.

Os cafés com leite podem ser escuros, claros, ou médios, consoante a disposição do destinatário. Qualquer chávena pode ser escaldada (eufemismo para fervida e passível de queimar os dedos), o que é difícil com os copos, mas não impossível.

À excepção das chávenas grandes, acompanhadas por colheres de chá, e do galão, que traz uma colher sobre-desenvolvida, todos os cafés são ladeados por uma colherzinha raramente encontrada noutras partes do mundo e consideradas por ridículas ou ternurentas por cidadãos de outros países.

Porquê tudo isto? Não faço ideia. Apeteceu-me. Pode alguém ter dúvidas quando for ao café. Se for o caso, é só imprimir.

12 comentários:

duendes e batatas disse...

Para mim sai um café curto mas, por favor não me escalde a chavena que eu não quero ficar sem céu da boca!

Junta-te ao clube disse...

LOLOL. És louca! Só podes. Eu cá gosto dele simples e normal!

Ass: Gattaca

bonifaceo disse...

A mim tanto faz, curto, comprido, normal... desde que seja um bom lote e bem tirado...

Mipo disse...

e são quantos copinhos de água? *Mipo esfrega as mãozinhas, com guardanapo ao ombro*

bonifaceo disse...

Copo de água não, o café sabe-me bem, é um gosto agradável, não preciso de o tirar no fim com água... não percebo bem porque muita gente bebe o copo de água no fim do café, mas gostos são gostos.

Osga Esparramada disse...

A Osga tem o seu ritual:
"um café e copo de água"
Bebo um golo de água, verto um pouco desse precioso líquido para dentro da chávena de café, tornando-o morno, e "GLUP" bebo-o de um trago.
Isto, de manhã, no dia-a-dia, com toda o stress inerente a um dia de semana.
Se estiver com calma, a diferença está no "GLUP", que deixa de o ser para passar a ser "glup...- pausa - glup... - pausa - e finalmente - glup!"
TUDO SEMPRE SEM AÇÚCAR!!!

Tia Loira disse...

Pequenos apontamentos:
1- não é "Cimbalinho" mas sim "Cimbalino", para quem não souber o nome vem das primeiras máquinas de expresso, as Cimbáli
2- um "pingo directo" não é com medo que o empregado acerte ao lado, tem a haver com a ordem dos factores que não é sempre arbitrária. O Pingo Directo é para quem exige que seja colocado o leite primeiro que o café, de modo a que se preserve a espuma do expresso!
Beijos cafeinicos da Tia

Mipo disse...

obrigada pelas correcções, tia (finalmente, alguém me explica o "pingo directo")! Sabe que, sendo moura, estou sempre sujeita a imprecisões...

bonifaceo disse...

Sim, a tia percebe, eu não li todas as variações, porque a minha mãe e tia têm um café e eu também posso perguntar-lhes uma ou outra dúvida para esclarecer,lol :D.
A primeira máquina de café do meu avô era uma la Cimbali, já me tinham contado essa história do cimbalino, mas até me esqueço...

Tia Loira disse...

De nada Kriducha ;-)
Beijo da Tia a precisar de cafeina!!
"Se fizer o favor!Um café em chávena fria se não se importa!"

Mipo disse...

açúcar ou sacarina, tia?

Tia Loira disse...

Açucar!!! Meio pacote, quebrado e não rasgado para não produzir dois pedaços de detrito!
Beijo da tia