segunda-feira, janeiro 09, 2006

Receita para melhorar uma perna debilitada

Dois dias num spa de luxo! Banhos turcos seguidos de água gelada, hidro-massagem de água tépida, piscina, muita massagem manual, muitos mimos e, sobretudo, uma companhia excelente, de feitio muuuuito paciente.

Felizmente, apesar de algumas derrapagens, o domínio das canadianas está praticamente ao nível profissional, a provar pelos calos nas mãos. Se me derem mais umas semanas, até faço tricô com as muletas. Aliás, estou convencida de que podem ser usadas como armas de defesa pessoal - preparem-se para a ninja coxa da capital!

6 comentários:

Rui disse...

Eiii, também quero!! Aqui há uns meses fiz uma ruptura miotendinosa (onde o gémeo se agarra ao tendão de aquiles) e isto ainda não está curado.
Às vezes tenho saudades das canadianas... mas passa logo.

bonifaceo disse...

Nunca usei canadianas, embora tive uma entorse com derrame há uns anos que seria suficiente para usar, mas como nunca fui ao médico nem fisioterapeuta...

Mipo disse...

pois é... roam-se! Eu continuo a andar com elas!

bonifaceo disse...

Eu preferi mancar a descer e subir os 3 andares do prédio... e ir para a escola a mancar... maldita entorse.

Weiss disse...

ui pelo que pude ver já tás quase com diploma passado! ;) serás dentro de semanas licenciada em transportes canadianos!

Mipo disse...

transportes canadianos amigos do Ambiente!